• Canil Best Border Collie

Temperamento do Border Collie 

A energia do cão mais inteligente do mundo.


O Border Collie é uma mistura de energia física e mental a espera para se soltar no mundo. Entre tantas definições possíveis para essa raça de cães, essa frase parece sintetizar bem o temperamento desses cachorros tão cobiçados.


O temperamento do cão é a forma como ele se relaciona com o mundo que o cerca. Existem certas características que são próprias da personalidade da raça e que não há como mudar (no caso do Border Collie seria, por exemplo, inteligência, obediência, energia e lealdade) e tem características que se desenvolvem conforme as condições que cercam o animal, formando o temperamento dele.


Essas condições podem ser adaptáveis a partir de observações do dia a dia do cão a fim de tornar o ambiente mais propício para o desenvolvimento ele. Dessa forma, a personalidade da raça não muda, mas o temperamento, que é fruto das experiências de vida dele, sim. Portanto, é importante que você saiba que a forma como você trata o seu cachorro terá influência direta no temperamento dele.


Em função disso, é essencial que a característica do dono combine com a personalidade do cachorro. Ou seja, como o Border Collie é um animal que gosta de ser desafiado física e mentalmente, se você tiver um e se contentar em ficar apenas sentado no sofá deixado ele te olhar passivamente, é possível que o seu cachorro se torne, com o tempo, um bichinho triste, entediado e frustrado.


Isso se deve à característica energética dessa raça, que se sente feliz em executar tarefas. Portanto, se você gosta de ambientes mais quietos e sem muita movimentação, talvez essa raça não seja a mais indicada para você. Mas se você gosta de exercícios e quiser um companheiro fiel e leal, saiba que ele será seu melhor amigo se você estimulá-lo com brincadeiras como agility, flyball e obedience. Será necessário separar um pouco de tempo e esforço para mantê-lo distraído e ocupado.


Um Border Collie dificilmente será nervoso ou agressivo, a menos que as condições onde ele estiver inserido o estimulem a isso. Mas geralmente essa raça é simpática, esperta e muito obediente. Ele é bastante brincalhão e, se você não brincar com ele, é possível que ele invente suas próprias brincadeiras, o que pode não gerar um bom resultado.


Talvez ele seja um pouco receoso com estranhos porque é típico de cães de raça de pastoreio ter uma personalidade de proteção nata, por isso podem ser desconfiados às vezes. Para solucionar isso, invista em uma socialização desde filhotinho para acostumá-lo ao contato, evitando que ele se torne tímido ou agressivo em excesso.


É consenso que o Border Collie é dotado de uma energia quase interminável. Ele pula, brinca, corre, persegue.... é por isso que ele precisa de um ambiente que propicie isso e que o deixe à vontade para lidar com seu instinto arrebanhador. Como um bom cão de pastoreio, ele valoriza a companhia no desempenho do seu papel e, por isso, é tão amoroso e apegado às pessoas a sua volta. Se você morar em apartamento, leve-o para passear pelo menos uma vez por dia.


Pode-se dizer que as habilidades da raça são bem aproveitadas se o dono for ativo e estiver disposto a brincar com seu cão. Com um pouco de tempo e dedicação, o Border Collie se torna o melhor amigo que você já teve.

WhatsApp-icone.png